Enfermagem do Trabalho

ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM DO TRABALHO

 O que é Enfermagem do Trabalho?

A Enfermagem do trabalho surge quando as primeiras leis de acidente do trabalho se originaram na Alemanha, em 1884, estendendo-se logo a vários países da Europa, até chegar ao Brasil por meio do Decreto legislativo nº. 3.724 de 15 de janeiro de 1919, a fim de dar parâmetros legais para os trabalhadores que estão expostos aos ricos do dia-a-dia. O cuidado de enfermagem profissionalizado veio à tona para ser dirigido aos trabalhadores desde uma simples palestra de educação em saúde, primeiros-socorros, e até a reduzir o consumo de mão de obra desampara por aspectos ético-legais, fazendo com que surja a enfermagem do trabalho. A enfermagem do trabalho é um ramo da enfermagem de saúde pública e, como tal utiliza os mesmos métodos e técnicas empregadas na saúde pública visando à promoção da saúde do trabalhador; proteção contra os riscos decorrentes de suas atividades labora; proteção contra agentes químicos, físicos e biológicos e psicossociais; manutenção de sua saúde no mais alto grau de bem-estar físico e mental e recuperações de lesões, doenças ocupacionais ou não ocupacionais e sua reabilitação para o trabalho.

 O que é Técnico em Enfermagem do Trabalho?

O técnico em enfermagem, que possui curso de especialização enfermagem do trabalho, que atuará, por força de lei, em empresas públicas e privadas ou em órgãos oficiais, como integrante dos serviços especializados em engenharia de segurança e medicina do trabalho, coparticipando com o enfermeiro no planejamento, programação, orientação e execução das atividades de enfermagem do trabalho, nos três níveis de prevenção, integrando a equipe de saúde do trabalhador. Para atender às necessidades inerentes à sua função, o especialista técnico em enfermagem do trabalho participará com o enfermeiro na elaboração de projetos e aplicar análises de prevenção de doenças relacionadas ao trabalho, incluindo estratégias de controle e sugerindo mudanças necessárias para identificar riscos que possa resultar em doenças ocupacionais além de auxiliar a elaboração e execução de projetos para investigação sobre saúde do trabalhador, para promover a educação na prevenção de acidentes, de doenças ocupacionais e de treinamento relacionado à prevenção da saúde do trabalhador.

  Campos de Atuação.

O técnico em enfermagem do trabalho atua na dependência de fábricas, indústrias e estabelecimentos de trabalho com a finalidade de exercer sua função, e devido à segurança do trabalho, muitas empresas tem procurado cada vez mais pessoas formadas nessa área e dispostas a trabalhar. Dentro da empresa eles atendem as necessidades dos funcionários com respeito a saúde deles, através de programas e planos de promoção a saúde, acidentes e doenças devido a profissão exercida. O curso de enfermagem do trabalho abrange assuntos como legislação do trabalho, doenças ocupacionais, LER, DORT, ou AMERT, segurança do trabalho, higiene ocupacional, exame admissional, exame admissional, SSO, epidemiologia, entre outras coisas que são analisadas no decorrer do curso que são as técnicas necessárias de se ter conhecimento para exercer a função de forma correta e plena.

Por que ser um Técnico em Enfermagem do Trabalho.

O enfermeiro do trabalho presta atendimento ambulatorial em empresas e acompanha programas de prevenção e manutenção dos funcionários. Por ser uma área com poucos profissionais e necessárias em todas em empresas com um determinado número de funcionários tem a obrigação de contratar um profissional com especialização em enfermagem do trabalho.

Média Salarial

A média salarial do técnico em enfermagem do trabalho entre R$ 1.500,00 á R$ 3.000,00

 Carga horaria total do curso e duração

450 horas/aulas de teoria/prática na unidade de ensino, mais estagio supervisionado em empresas credenciadas, com duração mínima de 12 meses.

 Quem pode fazer?

Ter concluído o Curso Técnico em Enfermagem.

Material de estágio pago pelo aluno.

Roupa Branca e Jaleco

Períodos do curso.

Sexta-feira 19h10min às 22h10min e Sábado 8h às 12h – 13h30 às 17h30min

Avaliação e Certificação

O professor avaliara o aluno através de provas, trabalho, frequência e desenvolvimento das habilidades nas aulas práticas. Todas as avaliações são por disciplinas individuais, tendo que atingir média da nota 6,0 e frequência acima de 75%, pode ser aplicado conforme necessidade avaliação por conselho de classe e a reprova em uma disciplina do módulo implicará em refazer o módulo na integra.

A certificação será concedida ao aluno que tiver média 6,0 em cada disciplina e frequência acima de 75%, concluir os módulos teóricos e estágios. O certificado e emitido pela instituição de ensino, perante autorização do CEE-Conselho estadual de Educação e liberação da SEED–Secretaria de Estado da Educação, sendo que o prazo para entrega do Diploma fica vinculado ao processo de autorização e liberação do Sistema Estadual o qual temos a obrigação de enviar os documentos, processos e relatórios a nos pertinentes, mas não temos poder de interver ou acelerar.

Programa.

Introdução à enfermagem do trabalho e exames pré-admissionais

Higiene e profilaxia aplicada à segurança no trabalho

Normas e legislação e sua aplicabilidade

Promoção de biossegurança em enfermagem

Controle de resíduos

 Saúde pública

 Primeiros socorros aplicados a acidentes de trabalho

Saúde do trabalhador

 Psicologia e ética aplicada

Processo de ética aplicado à saúde do trabalhador

 Administração aplicada à enfermagem