Técnico em Prótese Dentária

TÉCNICO EM PRÓTESE DENTÁRIA

Quem pode se inscrever nos cursos técnicos?

Idade mínima para fazer o curso: 18 anos.

Escolaridade mínima para fazer o curso: Ensino Médio completo

Quais os documentos necessários para a matrícula?

Fotocópias do certificado de conclusão de ensino médio ou certificado curso equivalente.

Fotocópias do Histórico Escolar do Ensino Médio.

Fotocópias do CPF.

Fotocópias da Carteira de Identidade.

Foto 3×4 (recente); ou tirar foto na webcam da instituição.

Fotocópias do comprovante de residência.

Fotocópias da carteira de vacinação.

Contrato de prestação de serviço educacional fornecido pela Instituição, devidamente preenchido e assinado pela instituição e pelo aluno.

Habilitação?

Técnico em Prótese Dentária
Eixo tecnológico?

Ambiente e saúde.
Atributos do Profissional?

Precisão, Paciência
Curso Técnico em Prótese Dentária?

O Técnico em Prótese Dentária é o profissional de saúde que trabalha em conjunto com o cirurgião-dentista para restabelecer a capacidade mastigatória e estética do paciente por meio de próteses dentárias. A grande demanda atual da estética corporal e bucal faz com os serviços do Técnico em Prótese Dentaria seja cada vez mais requisitado.

O que é protético?

Hoje, com técnicas cada vez mais desenvolvidas na área, o profissional pode desenvolver vários aparatos dentários, trabalhar na confecção de modelos de gesso, montagem em articuladores, confecção de modelos dentários totais, próteses fixas, próteses removíveis, aparelhos ortodônticos e outros.

Campos de Atuação?

Os principais lugares para atuação, clínicas, laboratórios e hospitais com ala odontológica. Além de promover cursos e congressos na área, trabalhar em consultórios dentários e poder especializar-se em outras áreas, como moldagem de aparelhos odontológicos.

Segundo dados do Conselho Federal de Odontologia (CFO), aproximadamente 20.000 profissionais trabalham nos 7.000 laboratórios espalhados pelo Brasil.

Por que ser um Protético Dentário?

A área é inovadora e demanda de muitos profissionais no mercado. Á uma grande chance de sucesso profissional nos mais diversos laboratórios e clinicas, além de especializações para determinadas áreas que tendem a crescer cada vez, como o cunho estético. Assim o profissional sempre irá atualizar-se e irá contar com um grande campo profissional em toda região.

Existe algum processo seletivo para ingressar nos cursos técnicos?

Não, sem prova de seleção, sem vestibular, e só matricular e iniciar o curso.

Qual a média salarial?

A média salarial do técnico em Prótese Dentária está entre R$ 3.000,00 e R$ 5.000,00 Informações salariais: Catho Online

Carga Horária total do curso

O curso tem carga horária de 1200 hora/aula, teóricas e práticas na própria instituição de ensino e 200 hora/aula de estágio supervisionado em laboratórios de prótese conveniados.

Duração do curso

Mínima de 18 meses, divididos em 3 módulos de aulas teóricas e práticas na instituição de ensino e em participações com a comunidade e estágio obrigatório supervisionado em laboratórios de prótese conveniados da região.

Qual o horário dos cursos oferecidos?

Períodos do curso

Aulas de segunda-feira a quinta-feira

Noturno das 19h às 22h

Quem são os docentes da OPÇÃTEC?

Nosso corpo docente e formado de profissionais com formação superior e especialização e atuação na área, contamos com Mestres e Doutores, porem em virtude dos cursos técnicos serem modulares e os professores contratados por disciplinas, levando em consideração que a principal atividade profissional deles em hospitais e instituições de saúde, e seus turnos de jornada de trabalho sofre mudanças constante, assim podemos informar os docentes atuais, e garantir que a qualidade do quadro sempre rege o mesmo padrão.

Uso de uniforme?

O uniforme e obrigatório pois o aluno de um curso na área de saúde deve vir as aulas com jaleco branco de manga longa para as atividades práticas, qual tenha pelo menos sua identificação pessoal e do curso.

Quanto ao estágio?

Períodos de estágio – A coordenação do Sistema Educacional OPÇÃOTEC fornece aos alunos toda a documentação necessária para o convênio de estágio, mas é o aluno, através de seu empenho, que busca o espaço de estágio junto aos laboratórios de prótese de Maringá e região. O período de estágio pode ser concomitante em contra turno ou ao final das aulas teóricas

Custo do estágio – O custo de cada estágio em prótese dentaria depende de onde o aluno buscar a parceria de convenio.

Definição de Estágio profissional obrigatório – É uma conformidade ao perfil da profissão para a conclusão do curso, o estágio obrigatório não pode ser remunerado, o aluno deverá ter 100% de frequência, mesmo aqueles alunos que comprovarem o exercício profissional correspondente às funções de Técnico ou Auxiliar, não estarão dispensados do Estágio.

Avaliação do Estágio – Envolve a frequência e o aproveitamento levando em consideração o comportamento, conhecimento e desempenho.

Comportamento: O cumprimento dos princípios éticos e morais que regem a vida profissional, comprometimento com o desenvolvimento do trabalho, valorizando a iniciativa, criatividade e a capacidade do discente de reflexão crítica e interação com os colegas, professores e outros profissionais.

Conhecimento: Avaliar a aplicação dos conhecimentos técnicos de enfermagem inerentes a sua função de acordo com a Lei do Exercício Profissional, resgatando os conceitos de saúde mental e a relação teoria-prática.

Desempenho: Avaliar a capacidade do aluno na comunicação verbal, não verbal e escrita, saber lidar com o sofrimento humano, receptividade nas orientações, aplicação das técnicas de comunicação terapêutica voltadas para a melhora do paciente, aplicação e execução das técnicas de enfermagem, entre outros.

Uniforme de estágio?

Uniforme sempre de cor branca – calça comprida, blusa, camisa ou camiseta com manga, sapato branco de couro e Jaleco.

As mulheres com o cabelo preso, perfume suave, maquilagem suave, é proibido o uso de roupa transparente, curta ou decotada e assessórios.

Os homens com a barba feita, cabelo curto, unhas curtas, asseados e desodorizados é proibido o uso de assessórios.

O uniforme e obrigatório e o custo é do aluno, não estando embutido no valor da mensalidade.

Condutas: Comparecer ao local de estágio com 10 minutos de antecedência. Após o horário e por relevante, o aluno entrará somente com autorização prévia do professor.

É proibido se ausentar do local de Estágio sem a comunicação prévia ao professor.

Não é permitida falta. Em caso de falta justificada conforme item do Sistema de Avaliação, Recuperação e Promoção, o aluno deverá fazer a reposição do estágio, fora do período letivo.

Qual é a nota mínima para aprovação?

Avaliação: O professor avaliará o aluno através de provas, trabalho, frequência e desenvolvimento das habilidades nas aulas práticas e estágios. Todas as avaliações são por disciplinas individuais, tendo que atingir média da nota 6,0 e frequência acima de 75% nas aulas teóricas e práticas, e 100% no estágio, avaliação por conselho de classe e a reprova em uma disciplina do módulo implicará em refazer o módulo na integra. A segunda chamada de prova e avaliação tem um custo, deve ser requerida na secretaria, e a instituição disponibiliza de um calendário letivo com as datas disponíveis para aplica-las.

Certificação: A certificação será concedida ao aluno que tiver média 6,0 em cada disciplina e frequência acima de 75% nas aulas teóricas e práticas, e 100% no estágio. O certificado é emitido pela instituição de ensino, perante autorização do CEE-Conselho Estadual de Educação e liberação da SEED–Secretaria de Estado da Educação, sendo que o prazo para entrega do Diploma fica vinculado ao processo de autorização e liberação do Sistema Estadual o qual temos a obrigação de enviar os documentos, processos e relatórios a nos pertinentes, mas não temos poder de intervir ou acelerar. O Diploma Técnico em prótese dentária é reconhecido em todo Território Nacional, inclusive pelo Conselho de classe CRO e sua Federação.

Colação de Grau?

Apesar da não obrigatoriedade, a OPÇÃOTEC faz questão de realizar a cada semestre a cerimônia de Colação de Grau dos concluintes dos Cursos Técnicos, data está definida pela instituição com programação no calendário letivo. É um momento de concretização de sonhos e início de novas etapas, por isso a importância. Os procedimentos são os padrões de uma Colação de Grau, onde todos os formandos, de beca, assinarão a ata, receberão um diploma simbólico.

O curso é autorizados pelo MEC?

Os conselhos estaduais de educação são responsáveis pela autorização, regulamentação e reconhecimento das instituições ensino privadas que ofertam cursos técnicos. As Escolas Técnicas reconhecidas por seus pelo respectivo Conselho de Educação de seu estado deverão ser cadastradas no SISTEC/MEC. Você pode conferir clicando no link a seguir:

http://sistec.mec.gov.br/consultapublicaunidadeensino

REGISTRO DE AUTORIZAÇÃO JUNTO AO MEC / CEE / SEED – ATO 4401/2012

MANTENEDORA – CEPPAR – CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARANÁ

Sobre as aulas práticas em um ambulatório na própria instituição?

Nossos laboratórios e ambulatório são bastante satisfatório, bem completo de instrumentações, materiais para simulação de aplicações, o ambulatório está pronto para desenvolver simulações para práticas de procedimentos básicos, com materiais para pratica, assim fazendo com que o aluno consiga visualizar um campo de trabalho, simulando em pratica o que vai realmente acontecer, pois isso facilita ao aluno no momento do estágio dando mais segurança, sabemos que entre a teoria e a pratica existe fatores complexos como o estado psicológico, as habilidades, a confiança pratica, e o procedimento realizado por várias vezes tona a competência eficaz,  assim o aluno imagina o que pode acontecer no seu dia a dia, e não haverá surpresas.

O que se aprende no curso de prótese dentária?

MÓDULO I

Confecção de modelos de estudos

Manipulação dos materiais dentários, uso correto das técnicas e aprimorar os conhecimentos e inter-relação entres diversos tipos de próteses dentárias.

Anatomia geral

Conhecer como o corpo humano é apresentado cem ênfase na anatomia e fisiologia. Sistemas.

Anatomia dental

Anatomia dental, notação dentária, faces dos dentes e sua posição na arcada. Detalhes anatômicos e sua correlação com os seus antagonistas. Manejo de instrumentos para escultura regressiva em cera. Reprodução gráfica e em escultura os dentes das arcadas superiores e inferiores permanentes.

Materiais dentários

Identificação dos materiais utilizados na confecção de próteses odontológicos, modelos odontológicos, reconhecimento de suas propriedades e manipulação correta.

Proteção de primeiros socorros, organização do processo de trabalho em saúde bucal e segurança do trabalho

Percepção e assimilação das condições de urgência e emergência, atendimento a vítimas de acidentes traumáticos, biológicos, químicos, físicos, incluindo situações de parada cardiorrespiratória, violências urbanas e agravos externos com ênfase à prevenção de acidentes e noções de segurança durante o atendimento.

MÓDULO II

Prótese total

Princípios básicos de oclusão. Técnicas de montagem em articulador. Fundamentos e técnicas de escultura em prótese total. Elementos básicos de percepção e estética. Técnicas de utilização, conservação e manutenção preventiva dos equipamentos e instrumentos. Características biológicas dos materiais protéticos.

Prótese dental fixa unitária

Materiais e técnicas atuais das próteses fixas e sobre Implantes, identificação dos componentes protéticos. Confecção de próteses estéticas e funcionais.

Prótese ortodôntica

Dentições e formação da Arcada Dentária. Identificação e classificação. Técnicas de oclusão. Anatomia facial. Construção dos diversos tipos de próteses. Movimentação ortodôntica. Próteses ortodônticas. Classificação de Angle. Etimologia da má oclusão. Documentação ortodôntica.

MÓDULO III

Prótese fixa e sobre implante

Materiais e técnicas atuais das próteses fixas e sobre implantes. Identificação dos componentes protéticos. Desenvolvimento de habilidades na confecção destas próteses com ênfase em princípios éticos. Metodologias de execução e os fundamentos das próteses fixas, estéticas e funcionais.

Administração dos serviços em laboratório protético

As Teorias da Organização. Organização e Métodos. Comportamentos estruturais. Estudos de ambientes. Desenvolvimentos metodológicos e processuais. Técnicas Administrativas. Processos Administrativos. Tipos de Organização. Empreendedorismo.

Prótese removível

Mecanismo de funcionalidade (inserção e retirada) das próteses parciais removíveis. Generalidades das próteses parciais removíveis. Sistema das PPFVs.

Grade Curricular detalhada?

MÓDULO I

  • Confecção de modelos de estudos (80h)
  • Anatomia geral (80h)
  • Anatomia dental (120h)
  • Materiais dentários (70h)
  • Proteção de primeiros socorros, organização do processo de trabalho em saúde bucal e segurança do trabalho (50h)

MÓDULO II

  • Prótese total (140h)
  • Prótese dental fixa unitária (140h)
  • Prótese ortodôntica (120h)

MÓDULO III

  • Prótese fixa e sobre implante (180h)
  • Administração dos serviços em laboratório protético (60h)
  • Prótese removível (160h)
  • Estágio Profissional Supervisionado (200h)

Qual o conselho de classe da categoria?

CRO-PR (Conselho Regional de Odontologia do Paraná)

Como cadastrar e filiar-se junto ao conselho de classe ao final do curso?

Relação de Documentos para inscrição Provisória no CRO – Conselho Regional de Odontologia – Técnico em Prótese Dentária

  • Comprovante de escolaridade para ASB e APD
  • Certidão de conclusão de curso original ou cópia autenticada em cartório
  • Cópia do histórico do curso para TPD ou TSB, quando a carga horária não constar na certidão
  • Cópia da certidão de nascimento ou casamento
  • Cópia: RG, CPF, título de eleitor e doc. militar(p/homem) – não serve cópia da carteira de habilitação
  • Cópia do comprovante de endereço residencial e profissional se houver (água, luz ou telefone)
  • 02 fotos 2×3 – iguais e recentes com fundo branco
  • 02 fotos 3×4 – iguais e recentes com fundo branco

Relação de Documentos para inscrição no CRO – Conselho Regional de Odontologia – Técnico em Prótese Dentária

  • Cópia do diploma frente e verso autenticado em cartório
  • Cópia do comprovante de escolaridade de nível médio
  • Cópia certidão nascimento ou casamento
  • Cópia RG, CPF, título de eleitor e doc. militar(p/homem) – não serve cópia da carteira de habilitação
  • Cópia do comprovante de endereço residencial e profissional se houver (água, luz ou telefone)
  • 02 fotos 2×3 – iguais e recentes com fundo branco
  • 02 fotos 3×4 – iguais e recentes com fundo branco

http://www.cropr.org.br/index.php/conteudo/inscricao-e-documentacao-necessaria/16