Técnico em Radiologia

Habilitação?

Técnico em Radiologia
Eixo tecnológico?

Ambiente e saúde e segurança.
Atributos do Profissional?

Liderar, administrar e paciência.
Curso Técnico em radiologia?

Esta formação prepara profissionais técnicos de nível médio para, principalmente, utilizar máquinas. O aluno do curso técnico em Radiologia aprende sobre o funcionamento dos equipamentos em aulas práticas e possui disciplinas sobre a física das radiações. Existem também disciplinas voltadas para o lado humano, como a interação com o paciente e algumas noções de enfermagem. Como a Radiologia envolve certos riscos devido à exposição de radiação, os estudantes são instruídos sobre os cuidados que devem ser tomados, com disciplinas como Radioproteção, Biossegurança e Legislação Radiológica. Estes cuidados visam à segurança dos pacientes e também do profissional que opera os equipamentos.

O que é radiologia?

É o ramo ou especialidade da medicina que lida com o estudo e aplicação de tecnologia de imagem como raio-x e radiação para diagnosticar e tratar a doença. Radiologia direta e um conjunto de tecnologias de imagem (como ultrassom, tomografia computadorizada (CT) medicina nuclear, tomografia por emissão de pósitrons (PET) e ressonância magnética (MRI)) para diagnosticar ou tratar a doença. Radiologia intervencionista é o desempenho do (geralmente minimamente invasiva) procedimentos médicos com a orientação de tecnologias de imagem. A aquisição de imagens médicas geralmente é realizada pelo radiologista ou tecnólogo de radiologia.

O que é o radiologista?

Um radiologista é um médico especialista que faz uso de radiações e imagens para diagnosticar ou tratar possíveis doenças. Para se tornar um radiologista é necessário ter formação em Medicina e especialização em radiologia. Durante a especialização, este profissional é treinado para obter e interpretar imagens do corpo humano obtidas, por exemplo, em radiografias, mamografias, tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas. O profissional formado em Radiologia pode também auxiliar no tratamento de doenças como o câncer, através do uso de radiações na radioterapia. Os avanços tecnológicos na área da radiologia, tanto quanto os salários atrativos fazem com que cada vez mais profissionais se interessem por esta área da medicina. Este profissional pode trabalhar em hospitais e clínicas especializadas em raio-x e diagnósticos por imagem. No Brasil, o enfermeiro é um profissional de nível superior da área da saúde, responsável inicialmente pela promoção, prevenção e na recuperação da saúde dos indivíduos, dentro de sua comunidade. O enfermeiro é um profissional preparado para atuar em todas as áreas da saúde: assistencial, administrativa e gerencial.

O Técnico em radiologia?

O técnico em Radiologia no setor radiodiagnóstico é o profissional habilitado para realizar procedimentos para Área de Radiologia e Diagnóstico por Imagem através de operação dos equipamentos específicos. Procedimentos de obtenção de imagem nas unidades de enfermaria, unidades de terapia intensiva, centro cirúrgico e ainda nas unidades externas ao departamento de diagnóstico por imagens obtidas por meio de equipamentos radiológicos. Os procedimentos na área de radiologia odontológica, todos os exames que necessitam de contraste iodados ou outros produtos farmacológicos para sua realização, incluindo procedimentos médicos, que deverão ser executados em conjunto com o médico, respeitando as atribuições de cada um, (não sendo competência do Técnico em Radiologia a administração de produtos radio fármacos) e a realização de todas as técnicas para a geração de imagem diagnóstica.

Campos de Atuação?

Hospitais públicos e privados.

Clínicas de radiologia.

Pronto-socorro e casas de saúde da rede pública e rede privada.

Laboratórios de radiologia trabalhando especificamente com exames e resultados.

Centro de pesquisas técnicas e científicas elaborando novas técnicas.

Aeroportos trabalha juntamente com a segurança do aeroporto e com a polícia na tentativa de barrar o tráfico de drogas e de armas.

Radiologia veterinária.

Empresas de comercialização e de assistência técnica de máquinas de radiologia trabalha com as características técnicas e mecânicas do aparelho.

Ensino no setor de radiologia.

Na indústria.

Por que ser um Técnico em radiologia?

O mercado de trabalho para o profissional da radiologia é amplo, e cresce na medida em que cresce a preocupação com a saúde e com o bem-estar. Para os trabalhadores do setor público, a evolução na profissão segue os parâmetros legais e critérios como, entre outros, a avaliação de qualidade e tempo de serviço, pois nesse caso, o profissional se enquadra na categoria de Técnico de Diagnóstico e Terapêutico. No caso do trabalhador do setor privado, a evolução depende da instituição na qual ele trabalha, e, geralmente, pauta-se pelos rendimentos auferidos.

Carga Horária total do curso

O curso tem carga horária de 1200 hora/aula, teóricas e práticas na própria instituição de ensino e 400 hora/aula de estágio supervisionado em hospitais conveniados ou clínicas de radiologia.

Duração do curso

Mínima de 24 meses, divididos em 4 módulos de aulas teóricas e práticas na instituição de ensino e em participações com a comunidade e estágio obrigatório supervisionado em hospitais e clínicas conveniadas da região.

Períodos do curso

Noturno das 19h às 22h

Matutino das 8h às 11h

Uso de uniforme?

O uniforme é obrigatório, pois o aluno de um curso na área de saúde deve vir às aulas com jaleco branco de manga longa para as atividades práticas, cujo tenha pelo menos sua identificação pessoal e do curso.

Quanto ao estágio?

Períodos de estágio – A coordenação do Sistema Educacional OPÇÃOTEC fornece aos alunos toda a documentação necessária para o convênio de estágio, mas é o aluno, através de seu empenho, que busca o espaço de estágio junto às clínicas ou mesmo hospitais de Maringá e região. A instituição, em alguns casos, quando há procura das clínicas e hospitais, encaminha ao aluno que se prontificar a fazer dentro dos horários que são determinados pela instituição de saúde. No período de estágio não haverá aulas teóricas, portando o estágio substitui o período de aula em sala.

Custo do estágio – Está entre R$-600,00 e R$-800,00 por aluno, ou seja em torno de R$-2,00 a hora/estágio, este custo não está incluso na mensalidade escolar, este valor é para repor as instituição de saúde que acolhe o estagiário, os materiais utilizado e também para avalição do aluno perante a instituição de saúde. Também o aluno tem que se cadastrar junto a empresa conveniada a instituição de ensino, a qual faz aferição do dosímetro, dispositivo que tem como função medir a exposição de um indivíduo à radiação, ruído, vibração e produtos químicos específicos durante um período de tempo, um mês custo aproximado mensal R$-20,00. É necessário que o aluno procure uma instituição que faça seu Seguro de Acidente Pessoal especifico para aluno pelo período de estágio, sem este seguro as instituição de saúde não permite a permanência do aluno.

Definição de Estágio profissional obrigatório – É uma conformidade ao perfil da profissão para a conclusão do curso, o estágio obrigatório não pode ser remunerado, o aluno deverá ter 100% de frequência, mesmo aqueles alunos que comprovarem o exercício profissional correspondente às funções de Técnico ou Auxiliar, não estarão dispensados do Estágio.

Avaliação do Estágio – Envolve a frequência e o aproveitamento levando em consideração o comportamento, conhecimento e desempenho.

Comportamento: O cumprimento dos princípios éticos e morais que regem a vida profissional, comprometimento com o desenvolvimento do trabalho, valorizando a iniciativa, criatividade e a capacidade do discente de reflexão crítica e interação com os colegas, professores e outros profissionais.

Conhecimento: Avaliar a aplicação dos conhecimentos técnicos de radiologia inerentes a sua função de acordo com a Lei do Exercício Profissional, resgatando os conceitos de saúde mental e a relação teoria-prática.

Desempenho: Avaliar a capacidade do aluno na comunicação verbal, não verbal e escrita, saber lidar com o sofrimento humano, receptividade nas orientações, aplicação das técnicas de comunicação terapêutica voltadas para a melhora do paciente, aplicação e execução das técnicas de radiologia, entre outros.

Uniforme de estágio?

Uniforme sempre de cor branca – calça comprida, blusa, camisa ou camiseta com manga, sapato branco de couro fechado e Jaleco.

As mulheres com o cabelo preso, perfume suave, maquilagem suave, é proibido o uso de roupa transparente, curta ou decotada e assessórios.

Os homens com a barba feita, cabelo curto, unhas curtas, asseados e desodorizados é proibido o uso de assessórios.

O uniforme e obrigatório e o custo é do aluno, não estando embutido no valor da mensalidade.

Condutas: Comparecer ao local de estágio com 10 minutos de antecedência. Após o horário e por relevante, o aluno entrará somente com autorização prévia do professor.

É proibido se ausentar do local de Estágio sem a comunicação prévia ao professor.

Não é permitida falta. Em caso de falta justificada conforme item do Sistema de Avaliação, Recuperação e Promoção, o aluno deverá fazer a reposição do estágio, fora do período letivo.

Qual é a nota mínima para aprovação?

Avaliação: O professor avaliará o aluno através de provas, trabalho, frequência e desenvolvimento das habilidades nas aulas práticas e estágios. Todas as avaliações são por disciplinas individuais, tendo que atingir média da nota 6,0 e frequência acima de 75% nas aulas teóricas e práticas, e 100% no estágio, avaliação por conselho de classe e a reprova em uma disciplina do módulo implicará em refazer o módulo na integra. A segunda chamada de prova e avaliação tem um custo, deve ser requerida na secretaria, e a instituição disponibiliza de um calendário letivo com as datas disponíveis para aplicá-las.

Certificação: A certificação será concedida ao aluno que tiver média acima de 6,0 em cada disciplina e frequência acima de 75% nas aulas teóricas e práticas, e 100% no estágio. O certificado é emitido pela instituição de ensino, perante autorização do CEE-Conselho Estadual de Educação e liberação da SEED–Secretaria de Estado da Educação, sendo que o prazo para entrega do Diploma fica vinculado ao processo de autorização e liberação do Sistema Estadual o qual temos a obrigação de enviar os documentos, processos e relatórios a nos pertinentes, mas não temos poder de intervir ou acelerar. O Diploma Técnico em Radiologia é reconhecido em todo Território Nacional, inclusive pelo Conselho de classe CRTR – Conselho Regional de Radiologia.

O curso é autorizados pelo MEC?

Os conselhos estaduais de educação são responsáveis pela autorização, regulamentação e reconhecimento das instituições ensino privadas que ofertam cursos técnicos. As Escolas Técnicas reconhecidas por seus pelo respectivo Conselho de Educação de seu estado deverão ser cadastradas no SISTEC/MEC. Você pode conferir clicando no link a seguir:

http://sistec.mec.gov.br/consultapublicaunidadeensino

REGISTRO DE AUTORIZAÇÃO JUNTO AO MEC / CEE / SEED – ATO 4401/2012

MANTENEDORA – CEPROM – SABER EDUCACÃO CONTINUADA LTDA – ME

Sobre as aulas práticas em laboratório na própria instituição?

Nosso laboratório e bastante satisfatório, bem completo com aparelhos reais onde são feitos os posicionamentos, o laboratório está pronto para desenvolver simulações para práticas de procedimentos básicos, assim fazendo com que o aluno consiga visualizar um campo de trabalho, simulando em prática o que vai realmente acontecer, pois isso facilita ao aluno no momento do estágio dando mais segurança. Sabemos que entre a teoria, e a prática existe fatores complexos como o estado psicológico, as habilidades, a confiança pratica, e o procedimento realizado por várias vezes torna a competência eficaz, assim o aluno imagina o que pode acontecer no seu dia a dia, e não haverá surpresas.

O que se aprende no curso de Radiologia?

Anatomia e Fisiologia Humana à Radiologia –  Instigar o aluno no reconhecimento dos ossos, suas estruturas e localização dos mesmos, demonstrar funções dos músculos e articulações. Reconhecimento dos diversos órgãos existente no corpo humano assim como suas estruturas, localização, funções e importância dos mesmos no desenvolvimento do corpo humano.

Programa de saúde – Desenvolver as potencialidades máximas do aluno, facilitando a compreensão dos estados de desenvolvimento físico, e psíquico do ser humano, bem estar físico, mental, moral e social. Instigar o aluno no reconhecimento e aplicação de normas vigentes e procedimentos determinantes da saúde. Promoção e proteção da saúde. Treinar as funções intelectuais do aluno, visando o seu conhecimento para distinguir as condições das doenças, sintomas e semelhanças com precisão e tentar resolver conflitos que agravam o quadro do paciente.

Fundamentos de Enfermagem – Facilitar o processo ensino-aprendizagem para os alunos da área de saúde que atuam em campo, uma maior integração de ensino e prática, para seu progresso.

Psicologia e Relações Humanas – Instigar o aluno no desenvolvimento de sua capacidade de raciocínio e nas diversas habilidades que possui, favorecendo um melhor ajustamento de sua personalidade e facilitando as interações sociais, socioculturais e éticas.

Ética e Legislação Profissional – Reconhecer os problemas no setor de radiologia; Conhecendo a história e o desenvolvimento do serviço de saúde na modalidade, observando-se os princípios legais da profissão e ter a consciência sobre a responsabilidade do trabalho do técnico em radiologia na área de saúde.

História da Radiologia – Proporcionar aos alunos o aprendizado direcionando-os a iniciar de forma adequada os módulos subsequentes do curso, conhecendo as principais fontes de radiação ionizantes

Física Aplicada à Radiologia – Conhecer e interpretar os fenômenos físicos utilizados na reflexão e na refração das ondas eletromagnéticas, foco e relacionar os conceitos da eletrodinâmica nas cargas e corrente elétrica.

Proteção de Higiene e Radiação – Proporcionar ao aluno atividades que ampliem a responsabilidade social e de trabalho exigindo atenção e dando oportunidade para que o mesmo conheça e experiência fenômenos (dose de radiação ionizante, efeitos).

Organização do Setor de Saúde – Propiciar ao aluno oportunidade de estabelecer relações entre a divisão de trabalho, distribuição de trabalho, interações sociais e relacionamentos sociais dentro dos padrões estabelecidos numa organização.

Administração de Laboratório de Radiologia – Levar o aluno a conhecer as normas e os procedimentos utilizados em uma administração hospitalar, buscando-se uma prática eficaz.

Radioisótopos – Promover o conhecimento sobre átomo e radioatividade, fazendo com que o aluno se envolva e estabeleça definições, desenvolva capacidades e habilidades.

Técnicas Radiológicas Convencionais – Explorar conceitos, técnicas básicas de radiologia, conhecendo os mecanismos de forma correta, as abreviaturas operacionais usadas em radiologia, identificando os efeitos biológicos de radiação ionizante. Proporcionar aos alunos técnica e posicionamentos corretos para executar exames a nível de pacientes internos e ambulatoriais em unidades radiológicas. Despertar os alunos a conhecer, interpretar e aplicar conceitos e técnicas, relativas a radiologia convencional do corpo humano.

Tomografia Computadorizada – Levar o aluno a dominar conceitos básicos considerados, internalizando conhecimento, buscando uma postura reflexiva num processo e assimilação, adaptação, seleção e organização, capaz de tornar a prática eficaz, responsável, na execução de suas atividades com o paciente.  

Radiologia Veterinária – Compreender a importância desta teoria/prática, buscando-se analisar informações (preparo do animal para o exame – jejum, anestesias, soluções, etc), possibilidades e desafios a serem alcançados.

Radiologia Odontológica – Promover o conhecimento de temas vivenciando momentos significativos, com acesso a exploração de ação física e ação simbólica numa absorção de dados rumo à profissionalização.

Técnicas Radioterápicas – Identificar princípios e planejamentos utilizados pelo técnico em radioterapia.

Anatomia Radiológica – Explorar as potencialidades dos conhecimentos adquirido em anatomia e identificar na imagem os aspectos radiológicos.

Equipamentos e Acessórios Radiológicos e Meios de Contraste – Demonstrar agentes de contraste administrados durante exames, critérios adotados, riscos no uso de equipamentos e suportes, posições e técnicas usadas na radiologia.

Noções Ressonância Magnética – Orientar o aluno quanto a procedimento no transcorrer do exame e esclarecer eventuais dúvidas sobre o método utilizado.

Densitometria Óssea – Estimular o processo de desenvolvimento com atitudes simbólicas e práticas onde o aluno possa compreender o sentido da disciplina de densitometria óssea, como e quando será utilizada.

Mamografia – Estabelece conhecimentos internalizando situações, com dados em diversos recursos, dando significado da melhor maneira possível sobre mamografia, em aspectos necessários ao módulo.

Medicina Nuclear – Identificar as fontes potenciais de irradiação, atividades relativas ao uso de radiofármacos para fins terapêuticos e diagnósticos no campo da medicina nuclear, contemplando todos os procedimentos pertinentes.

Grade Curricular detalhada?

Módulo I –

  • Anatomia e Fisiologia Humana à Radiologia I (70h)
  • Programa de saúde I (20h)
  • Fundamentos de Enfermagem (50h)
  • Psicologia e Relações Humanas (30h)
  • Ética e Legislação Profissional (30h)
  • História da Radiologia (20h)
  • Física Aplicada à Radiologia (40h)
  • Proteção de Higiene e RadiaçãoI (40h)
  • Estágio Profissional Supervisionado (20h)

Módulo II –

  • Anatomia e Fisiologia Humana à Radiologia II (70h)
  • Programa de Saúde II (20h)
  • Organização do Setor de Saúde (20h)
  • Administração de Laboratório de Radiologia (30h)
  • Proteção de Higiene e Radiação II (50h)
  • Radioisótopos (30h)
  • Técnicas Radiológicas Convencionais I (80h)
  • Estágio Profissional Supervisionado (130h)

Módulo III –

  • Tomografia Computadorizada (60h)
  • Técnicas Radiológicas Convencionais II (70h)
  • Radiologia Veterinária (70h)
  • Radiologia Odontológica (70h)
  • Técnicas Radioterápicas I (30h)
  • Estágio Profissional Supervisionado (125h)

Módulo IIII –

  • Anatomia Radiológica (30h)
  • Técnicas Radiológicas Convencionais III (70h)
  • Equipamentos e Acessórios Radiológicos e Meios de Contraste (40h)
  • Noções Ressonância Magnética (30h)
  • Densitometria Óssea (20h)
  • Mamografia (40h)
  • Medicina Nuclear (30h)
  • Técnicas Radioterápicas Il (40h)
  • Estágio Profissional Supervisionado (125h)

Qual o conselho de classe da categoria?

CRTR –PR – (Conselho Regional de Radiologia)

FENATTRA – (Federação Nacional dos técnicos e Tecnólogos em Radiologia)

Como cadastrar e filiar-se junto ao conselho de classe ao final do curso?

  • 3 fotos iguais coloridas 3×4 para documento
  • Cópia autenticada da cédula de Identidade (RG)
  • Cópia autenticada da cédula do CPF
  • Cópia autenticada do Título de Eleitor
  • Cópia autenticada do Certificado de Reservista ou alistamento (para homens)
  • Cópia autenticada da Certidão de Casamento (para mulheres)
  • Cópia autenticada do Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Ensino Médio (2º Grau)
  • Certificado de Conclusão de Curso em Radiologia original ou cópia autenticada, nos termos da Lei N° 7.394/85 e N° 10.508/02.
  • Cópia autenticada do Histórico Escolar do Curso em Radiologia, nos termos da Lei 7.394/85 e N° 10.508/02
  • Comprovante de Estágio (papel timbrado da Escola) assinado pelo Supervisor (Professor) em Radiologia original, nos termos da Lei N° 7.394/85 e N° 10.508/02.
  • Documento comprobatório do registro do funcionamento do curso de Técnico em Radiologia, no Conselho Estadual de Educação, no Núcleo Educacional ou na Secretaria de Educação
  • Declaração da Empresa e do Técnico Instrutor (do estágio), (modelo n° 1 em anexo)
  • Cópia autenticada da 1ª página com foto e qualificação civil da Carteira de Trabalho e Previdência Social
  • Ficha de Cadastro preenchida (em anexo)
  • Cópia do Comprovante de Residência (EX: Conta de Luz, Telefone e outro desde que contenha CEP)
  • Comprovante de pagamento da taxa de inscrição, da taxa de expedição de habilitação e da anuidade

http://www.crtrpr.org.br/restrito/documentos/576.pdf